quarta-feira, 30 de março de 2011

Benfica-FC Porto tem horário definido


O clássico entre Benfica e FC Porto, da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, será disputado às 20.30 horas do dia 20 de Abril, no Estádio da Luz.

Segundo informação adiantada pela Federação Portuguesa de Futebol, o jogo terá transmissão directa na Sport TV.

O Benfica venceu o FC Porto por 2-0 no jogo da primeira mão, no Estádio do Dragão, com golos de Fábio Coentrão e Javi García.

Águias e dragões procuram juntar-se ao V. Guimarães na final da prova rainha.

sábado, 26 de março de 2011

Jesus prepara clássico com menos oito

Jorge Jesus (foto ASF)

O plantel do Benfica cumpriu esta sexta-feira, à porta fechada, mais um treino tendo em vista o jogo da 25.ª jornada da Liga com o FC Porto, marcado para o dia 3 de Abril.

Os compromissos das selecções nacionais encurtam o grupo à disposição de Jorge Jesus. No total, são sete os jogadores ausentes dos trabalhos: Luisão (Brasil), Maxi Pereira (Uruguai), Gaitán e Salvio (Argentina), Cardozo (Paraguai) e Carlos Martins e Fábio Coentrão (Portugal).

A estes junta-se Rúben Amorim, que cumpre corrida, tratamento e trabalho de ginásio.

Jorge Jesus agendou novo treino para sábado, às 10.30 horas, no Seixal. A sessão voltará a decorrer à porta fechada.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Treino 24 de Março de 2011



Os ''encarnados'' treinam hoje as 17 horas no caixa futebol campus, o treino é aberto ao público e a comunicação social !

Apareça !

Pode assistir também ao treino em directo no canal oficial do clube ''Benfica TV'' .

terça-feira, 22 de março de 2011



Carro de Vieira atingido por pedras
Líder encarnado ficou ferido


O carro onde Luís Filipe Vieira seguia, rumo ao Porto, depois do embate com o Paços de Ferreira, referente à 24.ª jornada da Liga, foi atingido por um saco de pedras, que feriu o presidente encarnado.

O veículo seguia pela autoestrada que une Paços de Ferreira ao Porto quando foi atingido, gerando-se a confusão.

Vieira foi assistido no local.



Vieira: «É gente demasiado cobarde, sem coragem de dar a cara»
PRESIDENTE ENCARNADO APELA À PAZ


Refeito do susto, depois de o seu carro ter sido atingido por um saco de pedras após o jogo com o P. Ferreira, Luís Filipe Vieira fez questão de deixar uma mensagem aos sócios e adeptos do clube.

Não pode valer tudo. Aqueles que acham que sim, estão a matar o futebol. É gente demasiado cobarde, sem coragem de dar a cara, e demasiado orgulhosa para condenar qualquer tipo de violência. Só desejo que os benfiquistas mostrem que somos diferentes”, afirmou.
P. Ferreira-Benfica, 1-5
Jogo da 24ª jornada da Liga


O Benfica venceu o P. Ferreira (1-5), em jogo da 24ª jornada da Liga. Este triunfo faz com que o F.C. Porto tenha de vencer o clássico para festejar o título na próxima jornada.

Cardozo inaugurou o marcador, aos quatro minutos, através de penalty. Aimar fez o 2-0, aos 13, e Gaitán elevou para 3-0 aos 25. O golo dos pacenses surgiu na sequência de um azar de Carole, que colocou a bola na própria baliza (27m).

Nuno Gomes entrou aos 77 minutos e fez o gosto ao pé passados cinco minutos. O avançado voltou a balançar as redes aos 90.

Onze inicial: Roberto, Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Carole, Javi García, Gaitán, Jara, Aimar, Cardozo, Saviola.

Ficha de Jogo de Roberto:


Toques na Bola: 35; Passes: 11; Passes Certos: 100%; Defesas completas:1;Defesas incompletas:3;


domingo, 20 de março de 2011

Convocados para o jogo de amanhã

O treinador do Benfica convocou este domingo 20 futebolistas para a deslocação ao terreno do Paços de Ferreira, relativa à 24.ª jornada da Liga portuguesa. Os reforços de Inverno, Jardel, Carole e Fernández, estão entre os eleitos de Jorge Jesus.

O desafio entre os "castores" e os “encarnados” tem início marcado para as 20h45 desta segunda-feira, dia 21 de Março.
Lista de convocados
Guarda-redes:
Roberto e Júlio César;
Defesas: Maxi Pereira, Jardel, Sidnei, Luisão, Fábio Coentrão, Carole e César Peixoto;
Médios: Airton, Javi García, Carlos Martins, Fernández, Pablo Aimar, Salvio e Gaitán;
Avançados: Cardozo, Saviola, Nuno Gomes e Jara

Antevisão ao P. Ferreira-Benfica

Jorge Jesus: "Vai ser um jogo difícil"O treinador do Benfica, Jorge Jesus, considerou este domingo que a equipa vai ter uma partida complicada no recinto do Paços de Ferreira, lembrando a boa temporada que o adversário está a fazer na presente temporada. O desafio da 24.ª jornada da Liga tem início marcado para as 20h45 desta segunda-feira, dia 21 de Março, no Estádio da Mata Real.

No início da conferência de imprensa, o técnico começou por ser questionado se irá proceder a alterações profundas frente ao Paços de Ferreira, tal como fez na recepção ao Portimonense. “Cada jogo tem a sua história. Este encontro com o Paços de Ferreira tem uma história diferente, uma vez que não temos nenhum jogo para a Liga Europa pela frente”, respondeu Jorge Jesus, não deixando, assim, em aberto muitas mudanças no onze em relação ao jogo com a formação de Portimão.

O Benfica vai encontrar o Paços de Ferreira na final da Taça da Liga, mas o treinador não considerou que a partida desta segunda-feira seja propriamente um ensaio para esse desafio. “Uma final é sempre diferente de um jogo onde o que contam são os pontos, sendo que, neste momento, ambas as equipas têm objectivos diferentes”, considerou o treinador, elogiando a boa campanha do oponente na edição 2010/2011 da Liga portuguesa: “O Paços de Ferreira está a fazer um campeonato muito bom, onde está a tentar defender um lugar nos cinco primeiros, pelo que vai ser um jogo difícil.”

O Paços de Ferreira conta com dois jogadores dos quadros do Benfica, David Simão e Nelson Oliveira, e Jorge Jesus salientou a importância do ritmo competitivo que estão a ganhar na formação pacense: “São dois jogadores em que acreditamos nas suas capacidades e que estão numa equipa, como disse anteriormente, que está a fazer um excelente campeonato, pelo que isso também os valoriza.”

Os jogadores do Benfica Fábio Coentrão e Eduardo Salvio estão em risco de ficarem de fora do clássico com o FC Porto, caso vejam o cartão amarelo frente ao Paços de Ferreira. Jorge Jesus admitiu que as utilizações dos atletas vão ser equacionadas. “É uma questão na qual já pensei. Estão os dois convocados, mas vou decidir isso até ao lançamento do onze”, referiu.

A partida com o Paços de Ferreira é a última acima da zona de Coimbra até ao final da época para o campeonato. Questionado se gostava de voltar à zona Norte do país para defrontar o Sp. Braga, para as meias-finais da Liga Europa, Jorge Jesus respondeu: “Era bom sinal tanto para o Braga como para o Benfica, mas primeiro temos de eliminar a equipa holandesa do PSV.”

Relativamente à possibilidade do FC Porto fazer a festa do título na Luz, Jorge Jesus afirmou que o Benfica está apenas focado naquilo que tem de fazer até ao final da época. “Temos de fazer o nosso trabalho e ganhar todos os jogos. Antes desse jogo, temos o encontro com o Paços e, se fizermos aquilo que é a nossa responsabilidade, de certeza que o campeonato será sempre adiado para as últimas jornadas”, disse, reforçando que a esperança é a última morrer: “As coisas estão mais difíceis e temos de assumir isso, mas tudo é possível e não deixámos de ter uma réstia de esperança.”

“PSV é uma equipa com currículo”
O timoneiro das “águias” fez também uma abordagem ao adversário que saiu em sorte nos quartos-de-final da Liga Europa. “Ainda não me debrucei a 100% no PSV, mas é uma equipa com história na Europa. Já ganhou uma Taça dos Campeões Europeus, uma Taça UEFA e ganhou uma Supertaça, portanto, é uma equipa com currículo”, salientou, acrescentando que “vai ser uma eliminatória disputada palmo a palmo, porque todas as equipas que estão nos quartos-de-final são fortes.”

Faltam 4 pontos para a Champions




Depois do empate de ontem do Sporting, a dupla importância de vencer em Paços. Orgulho também vai estar em causa.

A matemática diz que o título ainda é possível mas ninguém na Luz (dirigente, técnico ou jogador) acredita nesse cenário, mesmo que a realidade não seja assumida publicamente - no final do recente jogo da Liga Europa com o PSG, por exemplo, Jorge Jesus ainda admitiu ter «mínimas esperanças» na reconquista do campeonato que ganhou em 2009/10, na sua estreia a treinar um grande do futebol português.

Praticamente gorada a hipótese de ultrapassar o FC Porto, os encarnados tentam assegurar o objectivo mínimo o mais rapidamente possível: garantir o segundo lugar que permite a presença nas duas pré-eliminatórias de acesso à Liga dos Campeões. Para tal, bastam quatro pontos, mercê do empate (0-0) de ontem do Sporting (terceiro classificado) frente ao UD Leiria, em Alvalade.

Recorde-se que os leões entraram na 24.ª jornada a 15 pontos de distância do eterno rival.

A importância de Paços

Isto significa que basta uma vitória e um empate. Do mal o menos, pensará Jorge Jesus: sem (praticamente) poder sagrar-se campeão, o objectivo mínimo está a pouca distância e poderá permitir descanso aos jogadores mais utilizados nas próximas semanas, para uma gestão mais cuidada na Liga Europa, prova na qual jogadores e equipa técnica pretendem vencer.

Para isso urge vencer o Paços de Ferreira, amanhã, na capital do móvel, e, no mínimo, empatar com o FC Porto, na jornada seguinte, no Estádio da Luz. Esta conjugação de resultados não só permitirá aceder directamente à Champions (via pré-eliminatórias) como impedir que os dragões se sagrem campeões no Estádio da Luz (partindo do pressuposto que os homens de André Villas Boas ganham hoje à Académica).

ABola

sexta-feira, 18 de março de 2011


Titulares de Paris em treino de recuperação



O plantel do Benfica voltou aos treinos esta quinta-feira, depois de ter alcançado em Paris a qualificação para os quartos-de-final da Liga Europa.

Os titulares na partida frente ao PSG realizaram treino leve, essencialmente de recuperação, sendo que o único indisponível continua a ser Ruben Amorim, que faz tratamento e trabalho de ginásio, na sequência de intervenção cirúrgica a que foi submetido.

Novo treino está marcado para este sábado, pelas 17 horas, à porta fechada, no Caixa Futebol Campus, no Seixal. Aí, Jorge Jesus certamente que vai já pensar mais afinco no próximo compromisso dos encarnados, marcado para segunda-feira, em Paços de Ferreira
ABola
PSV no caminho do Benfica

Serão os holandeses do PSV Eindhoven os adversários do Benfica nos quartos-de-final da Liga Europa, ditou o sorteio realizado ao início desta tarde em Nyon, na Suíça.

Os encarnados jogam primeiro em casa, a 7 de Abril, deslocando-se à Holanda para decidir a eliminatória no dia 14.

Nas meias-finais, caso o Benfica passe, poderá encontrar o SC Braga, caso este ultrapasse também o Dínamo Kiev nos quartos-de-final.
ABola

«FC Porto? Para nós é igual» - Roberto



Roberto acredita que o Benfica pode fazer dois bons jogos e passar às meias-finais, seja qual for o adversário seguinte. Guardião assume candidatura da águia à vitória nesta Liga Europa.

O guarda-redes espanhol do Benfica, Roberto, não teme que o sorteio da Liga Europa junte os encarnados e o FC Porto nos quartos-de-final desta competição europeia.

«Para nós é igual. Nesta fase da competição, todas as equipas são muito fortes. Acredito em nós e acredito que podemos fazer dois bons jogos com qualquer equipa e passar às meias-finais da Liga Europa», explicou, antes de assumir a candidatura à vitória na competição: «Sim, claro, estamos fortes na prova. E para nós é muito importante chegar o mais longe possível... e ganhar o título.»

Quanto à possibilidade de defrontar outra equipa portuguesa (FC Porto ou SC Braga) nos quartos, o jogador mantém a indiferença.

«Hoje em dia, as pessoas que trabalham no nosso corpo técnico fazem bem as coisas, preocupam-se em conhecer muito bem os nossos adversários. Por isso, joguemos com quem joguemos, os jogadores terão toda a informação possível em relação aos adversários, sejam eles portugueses ou de outro país», fundamentou o espanhol.
ABola

Benfica empata em Paris (1-1) mas segue para os “quartos”

Os “encarnados” garantiram a passagem aos quartos-de-final da Liga Europa, depois do empate conseguido, esta noite, no Parque dos Príncipes. O Benfica adiantou-se por intermédio de Gaitán, aos 27 minutos, mas Bodmer empatou ainda antes do intervalo.

No lado do Benfica, Jorge Jesus apostou, como esperado, no seu “onze” mais forte, com Aimar a assumir o papel de organizador de jogo. Desta forma, o Benfica alinhou com Roberto na baliza e uma linha de quatro defesas composta por Maxi, Luisão, Sidnei e Fábio Coentrão. O meio campo fica entregue a Javi García, Salvio, Gaitán e Aimar. Na frente, Cardozo e Saviola voltaram a formar dupla.

Na equipa francesa, destaque para os regressos de Makelelé, Sakho e Jallet, isto depois de terem estado de fora na primeira-mão, no Estádio da Luz.

Antes do início da partida, nota para o minuto de silêncio, cumprido em memória das vítimas do sismo no Japão.

Os gauleses começaram melhor e logo no primeiro minuto de jogo, boa oportunidade de golo para os visitados. Jallet cabeceou a bola mas esta passou um pouco ao lado.

Aos 12, destaque para um bom ataque dos “encarnados”. Coentrão sobiu muito bem pela esquerda, ultrapassou Jallet, cruzou, mas Salvio chegou atrasado.

A meio da primeira parte o jogo estava mais equilibrado mas o PSG conseguia criar muitas dificuldades pelo lado direito. Maxi Pereira estava numa noite não.

Aos 27 minutos, o Benfica chegou ao golo. Grande jogada de contra-ataque dos “encarnados” e Gaitán, com um remate fantástico de fora da área, bateu Édel. Estava aberto o marcador e a equipa de Jorge Jesus estava agora em boa posição para passar aos “quartos”.

Os franceses reagiram bem ao golo e aos 27, Erding surgiu na cara de
Roberto, mas o espanhol mostrou bons reflexos a evitou o tento dos gauleses.

O PSG estava agora por cima e aos 35 minutos acabou mesmo por chegar ao empate. Grande tiro de Bodmer, depois de Erding ganhar no ar a Sidnei, com a bola a sobrar para o médio e este a bater Roberto com um remate sem preparação.

Até ao final da primeira metade não houve grandes oportunidades. O arbitro mandou todos para o descanso com o Benfica em boa posição para seguir em frente na Liga Europa. Gaitán abriu as contas e a resposta dos gauleses chegou pelos pés de Bodmer. Depois disso, o PSG procurou o segundo golo e Roberto já foi obrigado a brilhar.

A segunda metade começou com uma grande oportunidade para o Benfica. Depois de um cruzamento de Salvio na esquerda, Cardozo totalmente solto na área, tocou a bola por cima.

Destaque para Gaitán que entrou eléctrico nesta etapa complementar. O argentino estava a dar muito trabalho ao lateral direito dos gauleses.

O Benfica estava mais perto do golo e Cardozo dispôs de algumas oportunidades, todas falhadas pelo paraguaio. Aos 61, o avançado, à meia volta, obrigou Édel a tirar a bola para canto.

Aos 63, grande perdida para o PSG. Erding, ao segundo poste, atirou a bola por cima. Sidnei viu a bola passar sem nada fazer.

No minuto a seguir, Jorge Jesus decidiu fazer a primeira substituição, já esperada. Saiu Saviola, muito apagado, para a entrada de Carlos Martins.

Aos 68, dupla substituição nos gauleses. O treinador do PSG sentia que era preciso fazer alguma coisa, isto porque a sua equipa continuava em desvantagem na eliminatória. Saiu Erding e Bodmer, este último autor do golo, para as entradas de Hoarau e Giuly, respectivamente.

Aos 72 minutos, grande tiro de Cardozo. Um grande remate de pé esquerdo, de fora da área, com a bola a passar muito perto da barra de Édel.

O PSG carregava e aos 79 minutos, foi Roberto a salvar o Benfica. Hoarau criou muito perigo mas
o espanhol fez uma defesa fantástica a evitar o golo dos parisienses.

Aos 81 minutos, Roberto quase que comprometeu. O espanhol Primeiro saiu bem aos pés de Hoarau mas depois largou a bola num cruzamento da direita do ataque dos parisienses.

Aos 89, Gaitán, esgotado, saiu para dar lugar a Jardel. Jorge Jesus só queria segurar o resultado.

Pouco depois a partida acabou. O PSG ainda carregou na compensação, mas o Benfica aguentou-se bem e garantiu a presença nos “quartos”, apuramento que acaba por ser justo.


Jogo disputado no Parque dos Príncipes, em Paris.


Equipa:

Benfica: Roberto, Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Fábio Coentrão, Javi Garcia, Sálvio, Aimar (César Peixoto, 80), Gaitan (Jardel, 90), Saviola (Carlos Martins, 64) e Cardozo.

(Suplentes: Júlio César, César Peixoto, Jardel, Airton, Carlos Martins, Jara e Kardec).

oJogo

quarta-feira, 16 de março de 2011

2.ª mão dos oitavos-de-final da Liga Europa

PSG-Benfica: Jorge Jesus convoca 21 atletasO plantel do Sport Lisboa e Benfica partiu esta quarta-feira para terras francesas, onde vai discutir o acesso aos quartos-de-final da Liga Europa frente ao Paris Saint-Germain. Para o desafio desta quinta-feira, o treinador Jorge Jesus chamou 21 futebolistas.

Depois de chegar a solo francês, a equipa vai realizar o habitual de treino de adaptação ao relvado e iluminação do Parque dos Príncipes, palco do embate desta quinta-feira, dia 17 de Março, com a formação parisiense. A sessão de trabalho está agendada para as 17h30 (hora portuguesa).

Antes do apronto, pelas 17 horas, o treinador Jorge Jesus e um jogador do plantel vão fazer a antevisão da partida da 2.ª mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Roberto, Júlio César e Moreira;
Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Jardel, Roderick Miranda, César Peixoto e Fábio Coentrão;
Médios: Airton, Javi García, Carlos Martins, Aimar, Gaitán e Salvio;
Avançados: Cardozo, Saviola, Nuno Gomes, Jara e Kardec.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Benfica inicia preparação para embate europeu

Jorge Jesus prepara equipa (foto ASF)
 
 
Após o empate, na Luz, frente ao Portimonense (1-1), o Benfica regressou, esta segunda-feira, ao trabalho e iniciou a preparação para o jogo, de quinta-feira, frente ao Paris Saint-Germain, referente à segunda mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.

No treino, que decorreu à porta fechada, os titulares do jogo frente ao Portimonense apenas realizaram trabalho de recuperação.

O médio Rúben Amorim continua a ser o único lesionado e hoje prosseguiu com os tratamentos à tendinite rotuliana bilateral.

O Benfica regressa ao trabalho na terça-feira, às 15.00 horas, no Seixal.
 
                                                                                                                            Por Redacção
Benfica cede empate na Luz com o lanterna vermelha (1-1)



Um ano e dois dias depois, o Benfica voltou a empatar. O Portimonense, lanterna vermelha do campeonato, ainda esteve a ganhar, mas o «suplente» Nuno Gomes valeu o golo do empate aos encarnados, que ficam agora a 10 pontos do líder FC Porto, mas com mais um jogo.

Jorge Jesus surpreendeu ao apresentar de início equipa com muitas novidades (só Aimar presente das figuras habituais) e viu o Portimonense ganhar ânimo. A formação algarvia começou por atirar uma bola à trave e, logo depois, beneficiou de grande penalidade (pretensa mão na bola de Roderick dentro da grande área) para inaugurar o marcador, por Ricardo Pessoa.
Pelo quinto jogo consecutivo no Estádio da Luz, os encarnados começavam em desvantagem. Nos quatro anteriores deu a volta, desta feita, com jogadores pouco rotinados, não foi suficiente. Jorge Jesus ainda lançou Salvio e Gaitán no início da segunda parte, logo depois apostou em Nuno Gomes.
O Portimonense, naturalmente a apostar no contra-ataque, ainda voltou a atirar ao ferro da baliza do Benfica, mas foi o Benfica a chegar ao empate, por Nuno Gomes. A Luz ainda ganhou esperança em nova reviravolta, mas, apesar do forte aperto ao último reduto da equipa algarvia, tal não aconteceu.
Com as poupanças a pensar no compromisso da Liga Europa, na próxima quinta-feira frente ao PSG, os encarnados começam assim a despedir-se oficialmente da possibilidade de chegar ao título. O FC Porto, caso vença esta segunda-feira, abre distância de 13 pontos.

Abola.pt

Recorde-se, que Roberto não foi convocado, Jorge Jesus decidiu poupar o guarda-redes espanhol, assim, como outros jogadores.

sábado, 12 de março de 2011

Roberto não está na lista de convocados para o jogo de amanhã



Jorge Jesus convocou 20 atletasO técnico campeão nacional, Jorge Jesus, convocou 20 atletas para o jogo do próximo domingo, com o Portimonense.

Conheça os convocados:
- Moreira, Luís Filipe, Saviola, Cardozo, Weldon, Nuno Gomes, Alan Kardec, Franco Jara, Sidnei, Fernández, César Peixoto, Nico Gaitán, Aimar, Salvio, Felipe Menezes, Carole, Airton, Roderick, Jardel e Júlio César.

O Benfica – Portimonense da 23.ª jornada da Liga portuguesa está marcado para o próximo domingo, dia 13 de Março, pelas 20h15, no Estádio da Luz.

Novidades da Fic do Roberto


A fic do Riberto já tem casa :)
Começou agora, mas garanto que vale a pena ler!
Aparece por lá e deixa o teu comentário, a Daniela agradece!

Cumprimentos benfiquistas!

Antevisão 23.ª jornada

                Jorge Jesus: “Temos a responsabilidade de vencer”



O treinador do Benfica, Jorge Jesus, fez uma antevisão ao jogo da 23.ª jornada com o Portimonense. No início da conferência de imprensa, o técnico campeão nacional comentou o que aconteceu com o vice-presidente, Rui Gomes da Silva.
“Antes de iniciar a antevisão, gostava de enviar um abraço de solidariedade ao Rui Gomes da Silva e dizer que estes actos têm de ser banidos do futebol e do desporto em geral”, afirmou Jorge Jesus.

Em relação ao jogo que se segue, o treinador “encarnado” explicou que o único objectivo do Benfica é a vitória: “Vamos encarar este jogo como encarámos todos até esta jornada e sabemos que temos a responsabilidade de vencer. A equipa está moralizada pela vitória e pelo jogo que fez, principalmente na 2.ª parte com o Paris Saint-Germain e agora é outra competição e queremos vencer o Portimonense.”
O facto de o adversário estar no último posto da classificação faz antever uma organização mais defensiva por parte dos algarvios: “O Portimonense está nas últimas posições e um ponto no Estádio da Luz é como se fosse uma vitória, portanto, é natural que a estratégia de jogo passe por uma boa organização defensiva, mas já estamos preparados para isso e queremos ultrapassar essa mentalidade defensiva do Portimonense.”
Os jogadores Salvio e Gaitán foram chamados pelo seleccionador argentino para dois jogos particulares. Jorge Jesus ficou satisfeito: “Ficamos felizes, sobretudo porque não são sempre convocados. Esta convocatória deve-se ao trabalho que eles estão a desenvolver no Benfica.”
Com Maxi Pereira, Luisão e Javi García castigados, Jorge Jesus ainda tem algumas dúvidas em relação aos atletas que vão entrar no onze: “Ainda tenho dúvidas. O Airton era para ser lançado, mas adoeceu e ainda não tenho a certeza se será ele que vai ocupar o lugar do Javi García. Para o lugar de Luisão, tanto o Roderick como o Jardel podem ser lançados no jogo.”
Este encontro da 23.ª jornada da Liga portuguesa está marcado para o próximo domingo, dia 13 de Março, pelas 20h15, no Estádio da Luz.

Informação

Boa tarde, passo a informar que a fic que está a ser escrita sobre o Roberto passará a ser postada num outro blog sem ser este. Os dois capítulos que tinham sido aqui publicados foram eliminados mas poderão lê-los depois no outro blog.
Assim que possível informamos qual é o blog onde está a ser postada a fic. Espero que não levem a mal, mas achamos melhor a fic não ser publicada neste blog, mas sim num blog próprio e só para a fic pois este blog é sobre o Roberto, mas propriamente a sua vida profissional, e partimos da ideia de que tudo o que é aqui publicado é verdadeiro.


Cumprimentos benfiquistas

sexta-feira, 11 de março de 2011

Final joga-se às 20.45 horas de 23 de Abril

A final da Taça da Liga entre Benfica e Paços de Ferreira, marcada para o dia 23 de Abril (sábado), no Estádio Cidade de Coimbra, terá pontapé de saída às 20.45 horas, anunciou esta sexta-feira a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

O organismo comunicou também que os clubes finalistas vão colocar os bilhetes à venda no início de Abril, a preços de 12,50, 20 e 25 euros.

O encontro, que vai definir o quarto vencedor da prova (V. Setúbal, 2007/2008, e Benfica, 2008/2009 e 2009/2010), será transmitido em directo na SIC.



Benfica agita Paris
Entusiasmo em Paris na contagem decrescente para a visita do Benfica. A seis dias do jogo da segunda mão dos oitavos-de-final da Liga Europa, estão vendidos mais de 40 mil bilhetes para o desafio no Parque dos Príncipes.

A comunidade de emigrantes portugueses residente em França, adivinha-se, garantirá forte apoio à equipa encarnada no jogo da próxima quinta-feira, com o Paris Saint-Germain, que vale o acesso aos quartos-de-final da Liga Europa.

O Benfica, recorde-se, parte em vantagem para o encontro da segunda mão, mercê do triunfo por 2-1 no Estádio da Luz.

Luyindula deu vantagem aos parisienses, pertencendo a Maxi Pereira e a Jara os tentos da reviravolta das águias.

Abola.pt

Roberto: «Capacidade para ganhar Liga Europa»
Guarda-redes olha confiante para o futuro



Roberto passou ontem uma borracha no encontro de Braga, apontando baterias para o futuro. Depois de superado o Paris Saint-Germain, o guarda-redes espanhol disse acreditar no triunfo do Benfica na competição.

Sinto que posso ganhar a Liga Europa pelo Benfica”, sublinhou o futebolista, que na primeira metade da temporada passada representou o At. Madrid, o detentor do troféu. “Temos capacidade para vencer esta competição. Lutamos por isso. Se não fosse assim, ficaríamos em casa.”

Para já, o campeão nacional parte em vantagem para a segunda mão dos oitavos-de-final. “Foi uma vitória justa. Na primeira parte estivemos um pouco recuados, mas ficou um penálti claríssimo por marcar. Numa eliminatória como esta, seria um golo muito importante. Seja como for, temos capacidade para ganhar em Paris.”


Record

Benfica – Paris Saint-Germain, 2-1
Sejam príncipes em Paris



O Sport Lisboa e Benfica venceu o Paris Saint-Germain, por 2-1, na 1.ª mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. Depois de estarem em desvantagem, os pupilos de Jorge Jesus deram a volta ao marcador e partem para a capital francesa com excelentes hipóteses de sucesso. Pelo meio, ainda ficou uma grande penalidade por assinalar!
A primeira parte deste encontro entre o Benfica e o Paris Saint-Germain foi muito bem jogada, com os “encarnados” a dominarem a posse de bola e a terem, praticamente, toda a iniciativa atacante. Por outro lado, a equipa de Kambouaré apostava no contra-ataque, com dois extremos bastante rápidos (Nenê e Luyindula).
O primeiro lance de perigo da partida surgiu logo aos dois minutos. Maxi Pereira lançou longo para a grande área, Luisão disputou nas alturas com o guardião Édel, com o esférico a sobrar para Gaitán, que rematou com para defesa de Édel. Estavam abertas as “hostilidades”. O PSG respondeu, com o avançado turco, Erdinç, a obrigar Roberto a defesa apertada. Aos dez minutos, foi Salvio que cabeceou ao lado das redes franceses, a centro de Fábio Coentrão.
Volvidos quatro minutos, surgiu o golo inaugural. Nenê desmarcou Luyindula que, em posição duvidosa e só com Roberto pela frente, finalizou com êxito. Desvantagem amarga na Luz, uma vez que o domínio era dos campeões nacionais. O Benfica não baixou os braços, mas, no entanto, foram os franceses que voltaram a criar perigo, com Erdinç a rematar ao poste. O facto de o PSG apostar em constantes trocas no ataque, dificultou a vida à defensiva comandada por Luisão, nos primeiros minutos de jogo.
Óscar Cardozo começou a mostrar-se aos 26 minutos, com um remate à entrada da área de pé… direito, a obrigar Édel a defesa complicada. Passados quatro minutos, outra vez o duelo entre o paraguaio e o camaronês, desta feita, na sequência de um livre a cerca de 25 metros da baliza, com o guarda-redes a defender por instinto, para canto. A pressão intensificava-se!
Carlos Martins também arriscou o remate de longe, com o PSG a ser claramente bafejado pela sorte. A bola ressaltou em Armand e acabou por sair ligeiramente por cima da barra. O internacional português não desistiu e aos 41 minutos descobriu Maxi Pereira na área, que depois de receber com classe no peito, “fuzilou” Édel para o empate mais do que justo no Estádio da Luz.
Para a segunda parte esperava-se mais do mesmo, com o Benfica a jogar bom futebol, frente a uma equipa que tinha como primeiro objectivo defender e tentar, ocasionalmente, o contra-ataque venenoso, através de Nenê e foi isso que sucedeu. Os benfiquistas foram superiores em todos os capítulos do jogo, mas sentiam algumas dificuldades no último passe. Quem percebeu o que estava a acontecer foi o técnico Jorge Jesus, que refrescou a equipa com as entradas do supersónico Jara e do mágico Aimar. Mal entraram, Saviola entrou na área com muito perigo e quando se preparava para facturar, foi rasteirado por Camara, com o checo Pavel Kralovec e os restantes quatro árbitros de campo (!) a nada assinalarem. Penálti claríssimo que ficou por marcar. Quantidade não significa qualidade…
As entradas dos dois argentinos deram resultados práticos aos 80 minutos. Pablo Aimar arrancou pelo centro, entregou a Jara, que à entrada da área rematou rasteiro e colocado para o fundo das redes, levando os adeptos benfiquistas ao rubro. O PSG estava a ser massacrado e nos últimos minutos ficou “ligado às máquinas”. A poucos minutos do apito final, Carlos Martins ainda tentou surpreender Édel com um pontapé de longe, mas a bola acabou por passar por cima da barra.
A segunda-mão destes oitavos-de-final realiza-se no Parque dos Príncipes, em Paris, na próxima quinta-feira, dia 17 de Março, às 18 horas.
O Sport Lisboa e Benfica apresentou o seguinte onze: Roberto, Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Fábio Coentrão, Javi García, Gaitán (Aimar 71’), Salvio (Jara 66’), Carlos Martins (César Peixoto 85’), Saviola e Cardozo.


slbenfica-pt

quinta-feira, 10 de março de 2011

«Benfica é favorito», reconhece treinador do PSG

Antoine Kombouaré, treinador do Paris Saint-Germain, atribuiu favoritismo ao Benfica para o encontro desta quinta-feira, referente à primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.


O Benfica é favorito. Na época passada, ganharam o campeonato e a Taça da Liga e é um monumento do futebol mundial, com mais de 60 jogos nas competições europeias», disse Kombouaré, revelando que o jogo para a sua equipa não é prioritário, razão pela qual deixou alguns dos habituais titulares em França.

Ainda assim, o treinador do PSG diz que vai apresentar uma equipa competitiva, referindo que a estratégia para esta eliminatória essencialmente pelo jogo da segunda mão.

Ao lado de Kombouaré esteve o defesa brasileiro Ceará, que também atribuiu favoritismo aos encarnados: «Para o Benfica a Liga Europa é mais importante, enquanto nós estamos a tentar valorizar mais o campeonato.»
abola.pt

quarta-feira, 9 de março de 2011

Convocatória para o PSG

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, convocou esta quarta-feira 20 futebolistas para a partida com o Paris Saint-Germain, relativa à 1.ª mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.

Os “encarnados” vão receber a formação parisiense pelas 20h05 desta quinta-feira, dia 10 de Março, no Estádio da Luz.

Lista de convocados
Guarda-redes: Roberto e Júlio César;
Defesas: Luís Filipe, Maxi Pereira, Roderick Miranda, Luisão, Sidnei, Fábio Coentrão e César Peixoto;
Médios: Javi García, Felipe Menezes, Carlos Martins, Pablo Aimar, Gaitán e Salvio;
Avançados: Cardozo, Saviola, Jara, Nuno Gomes e Kardec.

Jesus defende Roberto

O treinador do Benfica saiu igualmente em defesa do guarda-redes Roberto e embora admita que errou no primeiro golo, Jorge Jesus também realçou as duas grandes defesas feitas pelo espanhol na partida frente ao SC Braga.

«É verdade que Roberto não esteve ao seu nível no golo que sofreu, mas também fez duas grandes defesas, uma das quais de tirar o golo, num lance de Lima. Ele nas últimas semanas tem estado muito forte, mas são situações que acontecem. É injusto crucificar Roberto», realçou Jorge Jesus.

O lance que o treinador do Benfica está a referir é o primeiro golo do SC Braga, onde Hugo Viana, de muito longe, fez um “chapéu” ao guarda-redes encarnado. 




Treino desta quarta-feira


O plantel campeão nacional voltou a treinar-se no Caixa Futebol Campus, de forma a preparar o encontro da próxima quinta-feira, com o Paris Saint-Germain, a contar para a Liga Europa.

O treinador dos “encarnados”, Jorge Jesus, viu cinco jogadores efectuarem treino condicionado. Luisão, Cardozo, Gaitán, Salvio e Aimar continuam a recuperar de uma mialgia. Por outro lado, o polivalente, Ruben Amorim, realizou tratamento e trabalho de ginásio, devido a uma tendinose rotuliana bilateral.

O Sport Lisboa e Benfica recebe os franceses do PSG na próxima quinta-feira, dia 10 de Março, pelas 20h05, na primeira-mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.


slbenfica.pt
Afinal, quem agrediu quem?

video www.benfica-fans.blogspot.com


O jogador do Benfica, Javi Garcia recebeu ordem de expulsão no jogo Braga x Slbenfica, por alegada agressão a Alan, mas com estas imagens não divulgadas pela Sport Tv que transmitiu o jogo todo, que Javi García foi antes vítima de falta por parte de Alan, sem que tenha agredido o adversário.

Então, mas afinal quem agrediu quem? Essas imagens não metem !! Tenham vergonha ... E depois dizem que a expulsão do Javi, foi justissima ...

Benfica já recusou vender Roberto


Apesar do golo que sofreu em Braga, o guarda-redes do Benfica não tem o lugar em perigo e o clube até recusou ofertas pelo seu passe.

Fonte do Benfica disse ao DN que houve "mais do que uma proposta" pelo passe de Roberto e que a confiança do clube no guarda-redes é total. Isto mesmo depois das más prestações no início da temporada e de o espanhol ter contribuído, no passado domingo, para o desaire do Benfica, que perdeu 2-1 frente ao Sporting de Braga.


www.dn.pt/desporto/

Águia à beira de completar ano sem empates em todas as provas


Marselha foi a última equipa a impor um empate à equipa de Jorge Jesus. Faz sexta-feira precisamente um ano. 52 jogos depois, Benfica venceu 40 vezes e perdeu em 12 ocasiões.

O Benfica de Jesus está à beira de um feito inédito no seu mais recente historial: completar um ano sem um único empate nas diferentes provas em que a equipa está inserida. Os homens dirigidos por Jorge Jesus são de extremos: ou vencem, ou perdem. Nada de meios termos, nada de empates. Pelo menos desde há praticamente um ano até agora.

O último resultado igual para ambas as equipas em confronto registou-se na Luz faz na próxima sexta-feira precisamente um ano de calendário: no dia 11 de Março de 2010 os encarnados não foram além de 1-1 na recepção aos franceses do Marselha, em jogo dos oitavos-de-final da Liga Europa.

Para completar o ciclo de um ano exacto sem empates, Jorge Jesus e seus pupilos têm de enfrentar um cenário bastante idêntico ao do último 1-1: amanhã jogo com uma equipa francesa, nos oitavos-de-final, na Liga Europa e também na Luz. Se a história se repetir e o resultado for idêntico ao da temporada transacta, seguramente ninguém se importaria se na deslocação a França o resultado fosse, também, semelhante àquele registado há um ano, aquando da deslocação a Marselha: vitória por 2-1.

Pelo meio a turma da Luz disputou 52 desafios em todas as provas, registando 40 vitórias e 12 derrotas na globalidade. Na Taça de Portugal e na Taça Liga apenas vitórias; 24 triunfos e seis derrotas na Liga; seis sucessos e cinco desaires nas provas europeias. E ainda uma derrota na Supertaça.

abola.pt

terça-feira, 8 de março de 2011

Treino desta 3.ª feira

Mais dois casos clínicos no plantel


O central Luisão e o avançado Cardozo são os casos clínicos mais recentes do plantel do Sport Lisboa e Benfica, que treinou esta terça-feira no Caixa Futebol Campus.

O brasileiro e o paraguaio estão a contas com uma mialgia de esforço na coxa esquerda, tendo realizado trabalho individual no Seixal.

Com uma mialgia na coxa direita, o argentino Salvio voltou a efectuar trabalho individual. Aimar está com uma mialgia de esforço na coxa direita e fez também trabalho individual.

O argentino Gaitán, com uma mialgia na face posterior da coxa esquerda, voltou a fazer tratamento.

Já Ruben Amorim voltou a fazer tratamento e trabalho de ginásio a uma tendinose rotuliana bilateral.
O plantel "encarnado" continua a preparar a partida com o Paris Saint-Germain nesta quarta-feira, dia 9 de Março, pelas 10h40, no Caixa Futebol Campus. Os primeiros 15 minutos do apronto vão ser abertos à Comunicação Social.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Sp. Braga-Benfica, 2-1

Campeão por terra em Braga. Sinal vermelho ao perseguidor na luta pelo título. O Benfica não desiste mas contabiliza onze pontos de desvantagem para o líder F.C. Porto. Menos cinco golos no confronto directo. Uma distância gigantesca, fasquia elevada por um Sporting minhoto com ânsia europeia.
Saviola inaugurou a contagem no Estádio AXA mas Mossoró roubou todos os holofotes com um pontapé mágico, para o 2-1 final. Pelo meio, a igualdade no pé esquerdo de Hugo Viana e uma expulsão para Javi Garcia, ainda antes do intervalo, a gerar polémica.

MaisFutebol.iol.pt

sábado, 5 de março de 2011

Convocados para o jogo no minho!

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, convocou este sábado 20 atletas para a partida de domingo no terreno do Sp. Braga, referente à 22.ª jornada da Liga portuguesa.

Para o encontro, o técnico apresenta como novidades as chamadas do defesa-esquerdo César Peixoto, do médio Airton, do extremo-esquerdo José Luis Fernández e do avançado Alan Kardec.

Lista de convocados
Guarda-redes: Roberto e Moreira; 
Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Sidnei, Fábio Coentrão e César Peixoto;
Médios: Airton, Javi García, Felipe Menezes, Carlos Martins, Gaitán, Salvio e Fernández;
Avançados: Cardozo, Saviola, Jara, Nuno Gomes e Alan Kardec.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Melhor clube do Mundo em fevereiro
Distinção feita pela IFFHS


O Benfica foi distinguido pela Federação de História e Estatística do Futebol (IFFHS) como o melhor clube do mundo no mês de fevereiro de 2011.
A onda vitoriosa da formação de Jorge Jesus foi um fator decisivo para tal decisão. Os encarnados sucederam ao AC Milan que havia sido eleito no mês de janeiro.
Em dezembro de 2010 foi o FC Porto de André Villas-Boas a receber tal distinção. Os dragões já tinham alcançado este feito também em janeiro e março de 2003, assim como o Sporting, em janeiro de 2002.
Na quarta-feira foi divulgada a lista em relação aos melhores clubes do Mundo no ano de 2010, tendo os azuis e brancos alcançado o 9.º posto, as águias o 36.º e os leões o 50.º, num ranking liderado pelo Inter Milão.

Record

CARREGA BENFICAAAAAAAA !

quinta-feira, 3 de março de 2011

Jorge Jesus fala da prestação de Roberto



No fim do clássico Benfica - Sporting o treinador encarnado falou da escolha de Roberto para defender a baliza encarnada: "Foi uma opção de estratégia, uma opção táctica em função do que achava melhor para este jogo. E não me enganei. Mesmo a acabar, negou um golo ao Matías. Podia ter feito melhor no golo, mas foi determinante naquela bola que o Matías apareceu na cara dele" 

Benfica vence (2-1) Sporting e segue para a final

O Benfica apurou-se para a final da Taça da Liga depois de vencer o Sporting por 2-1, na Luz. Os encarnados estiveram a perder após golo de Postiga, Cardozo igualou depois de falhar um penalty e Javi García apontou, nos descontos, o golo da vitória.
Grande derby na Luz, com os últimos minutos disputados ao mais alto nível e com as duas equipas a tentarem evitar que a eliminatória se decidisse através da marcação das grandes penalidades. O Benfica acabou por garantir o triunfo nos descontos, somou a 18.ª vitória consecutiva e continua nas quatro frentes. O Sporting despede-se da Taça da Liga e resta-lhe lutar para segurar o terceiro lugar no campeonato. Estreia infeliz para José Couceiro no comando técnico da equipa de Alvalade.
Primeira parte emotiva mas com poucas ocasiões claras de golo. O Sporting adiantou-se no marcador numa altura em que estava por cima no jogo, anulando bem as iniciativas ofensivas do Benfica a partir do meio-campo. Hélder Postiga, de cabeça, colocou os leões em vantagem, respondendo da melhor forma a um livre de Matías Fernández. O avançado leonino ganhou aos defesas encarnados e antecipou-se a Roberto que saiu mal ao lance.
O Benfica podia ter chegado à igualdade mas Cardozo permitiu a defesa de Rui Patrício na transformação de uma grande penalidade assinalada por falta de Polga – entrou para o lugar de Carriço, lesionado, ainda na primeira parte - sobre Javi García. O avançado paraguaio redimiu-se no lance seguinte, ao cabecear para o empate na sequência de um canto marcado por Carlos Martins.
Com o golo, os encarnados cresceram mas acabaram por não voltar a incomodar Rui Patrício.
A segunda parte começou com duas boas oportunidades para ambas as partes: Cardozo e Postiga atiraram por cima. O paraguaio voltou a atirar ligeiramente por cima depois de interceptar uma bola de Rui Patrício, que calculou mal uma reposição de bola em campo.
Na resposta, André Santos testou os reflexos de Roberto e Yannick atirou à figura do guardião espanhol quando podia ter feito melhor. Depois de um cabeceamento perigoso de Torsiglieri, Cardozo atirou à barra e Fábio Coentrão também disparou para uma boa defesa de Rui Patrício.
Já perto do final, o Sporting voltou a desperdiçar mais uma oportunidade, desta feita por intermédio de Matías Fernández que atirou à figura de Roberto. Já em período de descontos, Javi García selou o triunfo do Benfica após assistência de Cardozo.
Amanhã, Nacional e Paços de Ferreira defrontam-se na Choupana para decidir quem vai defrontar o Benfica na final da prova.


aBola.pt

quarta-feira, 2 de março de 2011

Meias-finais da Taça da Liga
Jorge Jesus chama 19 atletas para dérbi na Luz

O treinador Jorge Jesus divulgou esta quarta-feira a lista de convocados para o encontro das meias-finais da Taça da Liga. Recorde-se que o Benfica vai receber o Sporting pelas 20h45.

Para o jogo de acesso à final da competição, o técnico decidiu chamar 19 futebolistas.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Roberto e Moreira;
Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Roderick Miranda e Fábio Coentrão;
Médios: Javi García, Carlos Martins, Pablo Aimar, Felipe Menezes, Gaitán e Salvio;
Avançados: Cardozo, Saviola, Nuno Gomes, Jara, Weldon e Kardec.
slbenfica.pt

Roberto

Roberto, na gala dos 107 anos do Sport Lisboa e Benfica !